10/04/16 ● A espera chegou ao fim! Estamos disponibilizando a tradução do penúltimo capítulo de TALES OF MONKEY ISLAND!

10/03/16 ● Estamos disponibilizando a tradução de dois jogos da série TEX MURPHY: THE PANDORA DIRECTIVE e TESLA EFFECT. Cuidado por onde anda!

19/01/16 ● Agora é possível jogar LIFE IS STRANGE com legendas em português! Jogo considerado um dos melhores de 2015 :)

29/11/15 ● Jogue agora o LUCASARTS ADVENTURE PACK do Steam em português! Se ainda não tem, compre agora por apenas R$ 4,99!

08/11/15 ● Já jogou ALL THE WAY DOWN? Em meio a uma forte nevasca, ajude um homem perdido em um obscuro vilarejo a encontrar abrigo.

Dezembro 11, 2017, 11:23:11 *
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro.

Login com nome de usuário, senha e duração da sessão
Notícias: Projetos de criação de adventures nacionais você encontra no blog do grupo AdventureArts! Acesse agora e comente aqui!
 

   Home   Ajuda Pesquisa Login Registrar  

Páginas: [1]
  Imprimir  
Autor Tópico: Firewatch  (Lida 7787 vezes)
Fevereiro 17, 2016, 07:00:55
ner0
VIP
Novato
*
Mensagens: 28



« : Fevereiro 17, 2016, 07:00:55 »


Título Original: Firewatch
Data de Lançamento: 09/02/2016
Início da Tradução: 15/02/2016
Carga de Tradução: 6845 linhas de texto ou 53910 palavras



► DESCRIÇÃO DO PROJETO DE TRADUÇÃO

Felizmente o jogo Firewatch foi lançado com suporte oficial para tradução sem necessidade de recorrer a "hacks". Isso facilita muito mais o processo e até se torna convidativo. Apesar dos números da carga de tradução poderem parecer enormes, na verdade até é bem moderado relativamente a outros projetos que já passaram pelas mãos de muitos de vocês. Este projeto de tradução, não-oficial, está sendo feito numa plataforma de tradução online chamada Transifex, ideal para cooperação entre vários membros. A plataforma permite 3 níveis de utilizador: coordenador, revisor e tradutor.

● O coordenador pode adicionar/retirar/promover/demover membros da equipe, revisar tradução e traduzir;
● O revisor pode revisar tradução e traduzir;
● O tradutor, como o nome indica, pode traduzir;


Quando um texto traduzido é marcado como "revisado", o tradutor não poderá mais alterar aquele texto, apenas um revisor ou coordenador poderão desbloquear para edição pelo tradutor. A revisão torna-se num método eficaz de detectar erros na tradução. De imediato o projeto conta com os idiomas PT-PT e PT-BR, mas na verdade o projeto está aberto a qualquer idioma existente desde que tenha voluntários para traduzir.

Eu sou o fundador e coordenador deste projeto mas no que toca às traduções apenas tenho palavra a dizer sobre o idioma Português (Portugal), todos os outros idiomas (PT-BR, etc) terão os seus próprios coordenadores, revisores e tradutores com total liberdade.

Adicionalmente foi criado um canal de comunicações de chat (texto) para coordenação em tempo real entre os vários membros. Esse chat terá salas genéricas, salas exclusivas para membros de equipa de idiomas individuais e até salas de conversa barata para quem quiser passar o tempo - pode até ter convidados que não estão traduzindo. O uso desse chat é opcional, ninguém é obrigado a usar se não quiser, mas é uma ótima ferramenta complementar que também pode ser usada em qualquer lado com o seu navegador ou mesmo smartphone. Quero salientar que o chat mantém um histórico, apesar de limitado, o que significa que se estiver fora do chat durante alguns dias, quando voltar provavelmente irá conseguir ler tudo o que foi discutido durante a sua ausência.

Para aceder ao projeto, terá que criar uma conta no Transifex, é bem simples!

Assim que tiver criado a sua conta, escolhe a equipa onde quer participar usando essa ligação: https://www.transifex.com/firewatch/public/

Para ter acesso no chat, irei precisar dum endereço de correio eletrônico para enviar um convite. Pode me enviar o seu endereço por PM aqui ou no Transifex.

Qualquer tradução do Firewatch será licenciada de acordo com os termos da licença Creative Commons "BY-NC 4.0", disponível aqui: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/

Isso basicamente significa que não poderemos ditar quem pode ou não usar as nossas traduções, quer o objetivo seja usar para jogar quer seja para alterar/melhorar - é senso comum no final de contas.

Espero poder contar com a vossa ajuda!






► SOBRE O JOGO

Firewatch é a linda e inteligente aventura em primeira pessoa do estúdio Campo Santo, o game conta a história de Henry, um recém-contratado vigia de um parque de Wyoming, e de sua supervisora Delilah.

Você vai explorar um ambiente selvagem e desconhecido, enfrentando questões e fazer escolhas interpessoais que podem construir ou destruir o único relacionamento significativo que você tem. Você pode ver o quão densa e interessante vai ser a relação entre Henry e Dlilah, além de se preparar para alguns mistérios que envolvem o parque.

Fonte: http://www.gamevicio.com/i/perfil/8/8616-33-firewatch-para-ps4/index.html

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=z1QfhPelhBc






► ANÁLISE

No final da década de 90 algumas desenvolvedoras seguiam uma tendência de transformar jogos em verdadeiros "filmes interativos". Talvez o melhor exemplo dessa época seja o clássico Phantasmagoria, desenvolvido pela Sierra e lançado em 1997. O game possuía cenas interpretadas por atores reais e contava também com alguns modestos efeitos especiais, que na época eram tidos como vindos “diretamente do futuro”. Hoje, o jogo é lembrado pelas cenas de violência intensa e pela sua tosquisse bizarra, mas talvez tenha sido uma das primeiras experiências da industria de jogos em criar jogos focados mais no enredo do que na ação propriamente dita.

Atualmente vivemos uma fase ótima no que diz respeito a desenvolvimento de jogos. Hoje em dia, com o advento da categoria indie, somos brindados com verdadeiras obras de artes dos mais variados tipos e que abordam uma infinidade de assuntos diferentes, tornando o mercado muito mais competitivo para os estúdios, e muito mais interessante para o consumidor.

No meio desse fervor todo, em 2014 a Campo Santo resolveu apresentar uma ideia diferente de jogo. Firewatch era um título que prometia te colocar na pele de um ranger americano durante o verão americano do 1989 no estado de Wyoming. Seu objetivo primário prometia ser a manutenção da natureza enquanto permitia que o jogador se aventurasse pelos belos cenários, atento sempre a menor manifestação de fogo ou de qualquer outro tipo de perigo. Desde aquela época o conceito chamou a atenção, bem como os gráficos, mas o produto final acabou saindo diferente do que se planejava.

Antes de mais nada, é preciso mencionar que Firewatch não é para todo mundo. Alguns até não o consideram como um jogo, e talvez ele realmente não seja se você considerar o tipo de game ao qual estamos acostumados. A verdade é que Firewatch esta longe de não ser interessante e acaba por ser uma experiência ímpar para qualquer uma que busque uma história cativante e intensa.

Quem espera algo relacionado a simulação de sobrevivência em um ambiente hostil, quebrará a cara. Eu sei que já faz algum tempo desde que a Campo Santo “mandou a real” sobre Firewatch, mas se você é como eu que evita saber muito sobre o jogo antes do seu lançamento para que a experiência seja a mais pura possível, pode acontecer de você comprar este título pensando que ele é algo totalmente diferente do que é.

Mas e do que se trata afinal? Bom, nada mais é do que uma história sendo contada. A melhor forma que consegui pensar para descrever a sensação que tive ao jogar Firewatch é de que me senti como se estivesse lendo um livro. Diferentemente de uma série ou filme, as informações vão sendo passadas para o jogador de maneira mais cadenciada, na forma de capítulos curtos como os de um livro mesmo, o que faz com que você sinta-se inclinado a continuar jogando cada vez mais até descobrir realmente o que esta acontecendo.

Ao jogador, é dada a tarefa de controlar Henry (dublado por Rich Sommer de Mad Men), um cara que parece ser muito gente boa mas que devido aos problemas pessoais acaba tomando decisões não muito inteligentes. Aliás, o prelúdio do jogo não possui ação e nem mesmo imagens, mas me impactou de uma forma que poucos títulos conseguiram.






Em busca de um pouco de paz e de tempo pra organizar as suas ideias, Henry decide aceitar o emprego de Ranger na floresta nacional de Shoshone e passar 3 meses isolado do mundo, não ficando totalmente solitário apenas por que a sua supervisora Delilah o contata constantemente através de um pequeno rádio portátil. O jogador pode escolher como conversar com Delilah e grande parte dos acontecimentos do jogo são baseados no diálogo entre os dois. Com o passar do tempo e dos dias que se seguem, alguns acontecimentos estranhos vão sendo percebidos e um clima de tensão se estabelece. É incrível ver como a Campo Santo conseguiu criar um game que te proporciona uma imersão tão forte, já que em alguns momentos eu realmente me senti na pele de Henry e me senti tão tenso como se estivesse jogando um outro jogo de terror qualquer.

E é exatamente aqui que o jogo mostra-se diferente do que muitos esperavam. Não espere combates à incêndios ou situações de sobrevivência. O foco do jogo passa a ser o mistério que percola através do enredo. A busca de Henry e Delilah pela verdade e por qualquer explicação lógica que defina o que esta acontecendo. Não se espante inclusive se em determinado momento da sua jogatina você não parar pra se perguntar o que realmente esta acontecendo. Será um maníaco assassino solto pela reserva? Uma experiência bizarra criada pelo governo? Ou sera alguma entidade paranormal que assombra as florestas de Shoshone?

Essa dúvida é que vai te fazer continuar seguindo em frente enquanto explora os belos cenários desta reserva nacional. Aliás, exploração é parte importante de Firewatch já que você terá de percorrer praticamente todo o mapa a pé, guiando-se apenas pelos pontos cardeais e instruções de sua supervisora. Sinta-se livre para perguntar as direções caso esteja perdido ou de tomar alguma rota alternativa caso prefira revisitar alguma localidade.

Outro ponto bacana é que em determinado momento você encontra uma daquelas câmeras descartáveis que eram muito comuns nos anos 80/90. Com ela, você pode registrar algumas belas imagens do cenário do game e após terminá-lo, receber as fotos no seu e-mail ou até mesmo compra-las emolduradas diretamente do site do jogo. Claro que essa funcionalidade não é tão convidativa aqui no Brasil, mas caso você more no exterior, talvez ela torne-se muito mais interessante.

Os gráficos de Firewatch são incríveis. É sério. Apesar de terem sido concebidos de forma minimalista e cartunesca em alguns momentos, a beleza das localidades do jogo parecem reais e vivas. Existem alguns pequenos bugs aqui e ali, erros de renderização que as vezes acabam até quebrando o ritmo da imersão, mas que provavelmente serão corrigidos muito em breve com algum patch de atualização.

Apesar de eu ter apreciado bastante a experiência, confesso que Firewatch me foi sim, um pouco decepcionante. Me senti surpreendido positivamente pelo que o jogo é, mas senti que ele podia ser ainda mais. Alguns objetos que pareciam oferecer alguma utilidade durante o jogo acabam sendo meramente estéticos e de nenhuma ajuda. Os baús de suprimentos que eu esperava encontrar recheados de itens úteis, acabam na mostrando-se verdadeiras caixas de lenha. Não espere encontrar nada que vá te ajudar dentro de um deles, mas pode ser que você acabe achando alguns itens interessantes e que valham a pena ser conferidos por conterem algumas informações adicionais.

Em alguns momentos, o game parece ser simples demais ao ponto de me fazer considerar se algo não acabou sendo cortado do projeto inicial por falta de verba ou algo parecido. A própria campanha é muito curto e acaba surpreendendo por terminar de forma tão abrupta. Firewatch tem tudo que precisa para ser chamado de satisfatório, mas nada além disso.

Resumindo, o game se baseia em te colocar como personagem ativo de uma trama muito bem elaborada, cheia de reviravoltas e que apresenta uma clima tenso e sufocante. Não espere fazer mais nada a não ser andar e apreciar a paisagem. Nada de ação, nem de combate a incêndios ou de coletar recursos para sua sobrevivência. Aqui, o objetivo é te contar uma história e a sua recompensa. Caso você procure algo mais empolgante, talvez Firewatch não seja para o seu gosto.

Fonte: http://criticalhits.com.br/firewatch-review/
« Última modificação: Fevereiro 19, 2016, 05:33:59 por RafaelGC » Registrado

Fevereiro 18, 2016, 04:19:32
RafaelGC
ADM
Sábio
*****
Mensagens: 607


'Morte gosta de gatos'


WWW
« Responder #1 : Fevereiro 18, 2016, 04:19:32 »

Ótima iniciativa, Ner0, esse game merece uma tradução urgentemente!

Conheço o jogo por conta de vários reviews que li e assisti no YouTube, entre eles esse do link
https://youtu.be/PmG3g3Ey_Es , onde é possível tirar fotos durante a jogatina e receber em casa as fotografias impressas, em altíssima qualidade. Surpreendente esse serviço!

Pretendo jogar em breve!

Boa sorte para a equipe e, conte comigo sempre! 
Registrado
Fevereiro 27, 2016, 07:14:03
GuybrushMonkey97
VIP
Novato
*
Mensagens: 38


It's me, Guybrush Threepwood, mighty pirate!


« Responder #2 : Fevereiro 27, 2016, 07:14:03 »

Belo projeto, ner0!

Eu já vi vários gameplays do jogo, e posso dizer que me surpreendi muito com ele! Mas concordo com a crítica na parte que o final foi um pouco decepcionante. Mesmo assim, acho que esse jogo REALMENTE precisa de uma tradução, principalmente com o nível de qualidade que esse fórum sempre teve.

Eu adoraria contribuir mas, infelizmente, o jogo não roda no meu computador, então ficaria meio difícil de testar o que traduzi. Mesmo assim, espero que você e a equipe consigam exatamente o que querem! Boa sorte!
Registrado
Março 06, 2016, 12:47:41
ner0
VIP
Novato
*
Mensagens: 28



« Responder #3 : Março 06, 2016, 12:47:41 »

Obrigado Guybrush,

Por alguma razão não recebi notificação da tua resposta...
Neste momento já temos o projecto bem encaminhado com vários idiomas.
Também já contamos com o apoio oficial do estúdio, Campo Santo, que nos mencionou no seu blog: http://blog.camposanto.com/post/140470564819/translating-firewatch

Vou deixar aqui também um link para o 1º trailer do jogo que decidi legendar em PT-PT para promover o projecto: https://www.youtube.com/watch?v=DvO7_oEBTZ8

Um abraço!
Registrado

Janeiro 05, 2017, 06:51:19
ner0
VIP
Novato
*
Mensagens: 28



« Responder #4 : Janeiro 05, 2017, 06:51:19 »

Olá a todos.

Antes de mais, um feliz ano novo!

Este projecto de tradução não correu tão bem quanto o esperado, infelizmente.
Eu próprio desisti da tradução do idioma PT-PT porque não encontrei motivação interna ou externa.
No entanto, várias pessoas têm contribuído para a tradução PT-BR que, apesar de não ter sido submetida a testes exaustivos ou controlo de qualidade, tecnicamente está terminada.

Quem tiver interesse em testar a tradução pode fazê-lo acedendo a essa ligação: https://goo.gl/Ym9FPP
O destino dessa ligação é uma partilha do Google Drive que contém duas pastas, "beta_builds" e "final_builds".
A primeira pasta contém todas as traduções em curso, incluindo PT-BR, em formato executável ou arquivo zip. A segunda pasta, "final_builds", apenas contém uma tradução (Espanhol-ES) que foi a única que foi terminada e revisada a 100%, apesar de que pouco tempo depois foi lançada uma versão oficial pela Campo Santo.

Resumindo, quem quiser testar a versão PT-BR tem que aceder à partilha e fazer o download de uma dessas versões:
- Firewatch-pt_br-Localization.exe
- Firewatch-pt_br-Localization.zip

Se usar a versão EXE, esse é um instalador personalizado que instala automaticamente na pasta do jogo e cria um "desinstalador" no Adicionar/Remover programas do Windows.

Se usar a versão ZIP, terá que extrair os conteúdos manualmente para a pasta correta, dependendo do SO:
- Windows:
C:\Users\<NomeDeUsuário>\AppData\LocalLow\CampoSanto\Firewatch\Localization
 
- Mac:
/Users/<NomeDeUsuário>/Library/Application Support/CampoSanto/Firewatch/Localization
 
- Linux:
/home/<NomeDeUsuário>/.config/unity3d/CampoSanto/Firewatch/Localization


Uma última nota: Os arquivos "beta" de tradução (ZIP/EXE) são automaticamente atualizados na partilha do Google Drive a cada 60 minutos. Se alguém quiser participar ou seguir atualizações à tradução poderá descarregar versões atualizadas de hora a hora.

Cumprimentos a todos e tudo de bom.  
« Última modificação: Fevereiro 07, 2017, 01:07:45 por ner0 » Registrado

Janeiro 05, 2017, 08:22:55
SarahStonehenge
Novato
*
Mensagens: 1


« Responder #5 : Janeiro 05, 2017, 08:22:55 »

Oi Nero, tudo bem? Sou tradutora da Tribo Gamer Brasil. Eles estavam com um projeto de traduzir, tudo foi concluído, mas pelo visto foi abandonado pelo administrador de lá sem nenhuma satisfação.
Quero muito jogar este jogo traduzido, então, vou te ajudar. 

Vou atualizando o tópico conforme eu vá achando erros/problemas.


Olá a todos.

Antes de mais, um feliz ano novo!

Este projecto de tradução não correu tão bem quanto o esperado, infelizmente.
Eu próprio desisti da tradução do idioma PT-PT porque não encontrei motivação interna ou externa.
No entanto, várias pessoas têm contribuído para a tradução PT-BR que, apesar de não ter sido submetida a testes exaustivos ou controlo de qualidade, tecnicamente está terminada.

Quem tiver interesse em testar a tradução pode fazê-lo acedendo a essa ligação: http://goo.gl/fMW785
O destino dessa ligação é uma partilha do Google Drive que contém duas pastas, "beta_builds" e "final_builds".
A primeira pasta contém todas as traduções em curso, incluindo PT-BR, em formato executável ou arquivo zip. A segunda pasta, "final_builds", apenas contém uma tradução (Espanhol-ES) que foi a única que foi terminada e revisada a 100%, apesar de que pouco tempo depois foi lançada uma versão oficial pela Campo Santo.

Resumindo, quem quiser testar a versão PT-BR tem que aceder à partilha e fazer o download de uma dessas versões:
- Firewatch-pt_br-Localization.exe
- Firewatch-pt_br-Localization.zip

Se usar a versão EXE, esse é um instalador personalizado que instala automaticamente na pasta do jogo e cria um "desinstalador" no Adicionar/Remover programas do Windows.

Se usar a versão ZIP, terá que extrair os conteúdos manualmente para a pasta correta, dependendo do SO:
- Windows:
C:\Users\<NomeDeUsuário>\AppData\LocalLow\CampoSanto\Firewatch\Localization
 
- Mac:
/Users/<NomeDeUsuário>/Library/Application Support/CampoSanto/Firewatch/Localization
 
- Linux:
/home/<NomeDeUsuário>/.config/unity3d/CampoSanto/Firewatch/Localization


Uma última nota: Os arquivos "beta" de tradução (ZIP/EXE) são automaticamente atualizados na partilha do Google Drive a cada 60 minutos. Se alguém quiser participar ou seguir atualizações à tradução poderá descarregar versões atualizadas de hora a hora.

Cumprimentos a todos e tudo de bom. 
Registrado
Janeiro 17, 2017, 04:38:53
ner0
VIP
Novato
*
Mensagens: 28



« Responder #6 : Janeiro 17, 2017, 04:38:53 »

Oi Nero, tudo bem? Sou tradutora da Tribo Gamer Brasil. Eles estavam com um projeto de traduzir, tudo foi concluído, mas pelo visto foi abandonado pelo administrador de lá sem nenhuma satisfação.
Quero muito jogar este jogo traduzido, então, vou te ajudar. 

Vou atualizando o tópico conforme eu vá achando erros/problemas.

Oi, Sarah!

Curiosamente não recebi notificação desta mensagem, lamento não ter respondido antes.
Eu tinha noção de que a TriboGamer estava a fazer uma tradução, inclusive fui eu quem primeiro contactei com eles para fazer a tradução em parceria, e até ajudei inicialmente com alguns aspectos técnicos. Infelizmente a comunidade TriboGamer não viu com bons olhos o meu convite e assim decidiram levar a cabo a tradução em exclusividade.

É uma pena que não tenham terminado a tradução.
A sua ajuda é muito bem vinda! 
Registrado

Janeiro 25, 2017, 10:58:35
zambelli
Novato
*
Mensagens: 1


« Responder #7 : Janeiro 25, 2017, 10:58:35 »

Obrigado por disponibilizar essa tradução, vou testar aqui!
Registrado
Fevereiro 07, 2017, 01:11:03
ner0
VIP
Novato
*
Mensagens: 28



« Responder #8 : Fevereiro 07, 2017, 01:11:03 »

Decidi mudar a localização dos ficheiros desde o Google Drive para o MEGA, uma vez que ultimamente o Google Drive tem limitado os ficheiros e marcado muitos deles como "abusivos", mesmo os arquivos ZIP  , sem qualquer justificação ou aviso. A partir de agora este é o link correcto: https://goo.gl/Ym9FPP
Registrado

Fevereiro 07, 2017, 03:21:41
RafaelGC
ADM
Sábio
*****
Mensagens: 607


'Morte gosta de gatos'


WWW
« Responder #9 : Fevereiro 07, 2017, 03:21:41 »

Decidi mudar a localização dos ficheiros desde o Google Drive para o MEGA, uma vez que ultimamente o Google Drive tem limitado os ficheiros e marcado muitos deles como "abusivos", mesmo os arquivos ZIP  , sem qualquer justificação ou aviso. A partir de agora este é o link correcto: https://goo.gl/Ym9FPP

Que coisa, hein! Me preocupei agora pois todo o acervo das traduções aqui do fórum, bem como ferramentas e arquivos diversos, estão no Google Drive. Tudo bem que tenho o backup de tudo aqui no HD, mas se saírem do ar do nada por frescuras de segurança, terei uma dor de cabeça para arrumar todos os tópicos... Chorar
Registrado
Páginas: [1]
  Imprimir  
 
Ir para:  

Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines